Nenhum Comentário

Segundo a avaliação dos participantes do 1° Congresso Brasileiro de Indústria, o Brasil precisa, urgentemente, projetar uma reindustrialização com o foco na indústria 4.0 (clique aqui para ler nosso artigo sobre o tema). O evento, realizado pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), em parceria com outros órgãos importantes, ocorreu no dia 05/12 e avaliou que o Brasil tem de olhar com mais atenção para a era digital da indústria, que engloba Sistemas Cyber-Físicos transformações de tecnologias de Big Data, Internet das Coisas (IoT), sempre visando aumentar o nível de automação, deixando os processos mais eficientes.

O congresso reuniu representantes de empresas e de agências ligadas ao incentivo à pesquisa, desenvolvimento e inovação da área, com o intuito de discutir a situação interna do país, sempre enxergando o investimento na indústria 4.0 como grande solucionador dos problemas.

O QUE PENSA A FIESP

Segundo José Ricardo Roriz Coelho, vice-presidente da Fiesp, o Brasil passa por um processo de redução da capacidade industrial de um país, definido como desindustrialização, já que a participação da indústria nacional caiu quase pela metade nas últimas duas décadas, de 3,47% em 1995 para 1,84% em 2016. Já a participação da indústria no Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro este ano foi de 11,1%, atingindo o mesmo patamar de 1953, segundo Roriz Coelho.

A consultoria PWC realizou um estudo com 2 mil empresas em 26 país que mostrou que essas companhias irão investir cerca de US$ 907 bilhões de dólares até 2020 na indústria 4.0. A Europa planeja investir cerca de € 1,35 trilhão ao longo dos próximos 15 anos na área, e a China tem como meta o investimento de € 1,8 trilhão nos próximos anos para modernizar sua indústria.

PANORAMA INTERNO

Ainda segundo o vice-presidente da Fiesp, o Brasil precisará a investir em um projeto de reindustrialização voltado para a indústria 4.0, para poder voltar a competir em pé de igualdade com esses países, e, consequentemente, dar uma guinada no PIB nacional.

O Brasil oferece uma capacidade de crescimento única no setor, já que seu parque industrial é bastante diversificado, com unidades fabris de empresas líderes das principais economias desenvolvidas.

A Yukon oferece soluções de automação industrial modernas, com cases de sucessos nos principais segmentos da indústria. Para você entender melhor sobre nossa área de atuação, elaboramos uma sessão no site com alguns materiais explicativos, e só você clicar aqui e escolher qual você quer baixar.